quinta-feira, setembro 30

Jogos no Velho Estilo: Dwarf Fortress

Bem faz tempo que a maioria dos jogos apenas se repetem. Bons jogos não surgem. Cada vez mais o "legal" dos jogos fica por conta do trabalho gráfico que as placas aceleradoras de vídeo podem fazer. Jogos que são baseados nos anteriores e cada vez mais complexos, pesados (só em processamento) e menos interessantes.

Quando simplesmente se pode colocar qualquer coisa dentro de um jogo, porque excluir alguma coisa. não é verdade? Não, um bom jogo deve ser mais do que o trabalho de uma equipe infinita.

Eis que surge este pequeno jogo: Dwarf Fortress, um jogo independente, gratuito, pequeno e viciante e com a tosquice necessária digna de Caltle of the Wings e In the Dungeon... só que além... com gráficos desenhados (muitas vezes o caractere só simboliza algo, como casa -> H) com caracteres ASSII em 16 cores (incluindo o preto) e 8 cores de fundo (incluindo o preto).

Mas com todas estas limitações do jogo uma coisa é certa, suas idéia me conquistaram:

1- O jogo pode ser jogado no modo herói (matando monstro) ou castelo (controlando um povoado ou uma colônia);

2- Ele vem com um gerador de mundo, onde tudo é criado aleatóriamente segundo algumas proporções que o jogador escolhe como tamanho da história (ou linha de tempo do mundo), tamanho do mundo (ele pode ser realmente grande), quantidade de bestas, quantidade de cidades, frequência dos combates, ele mostra os processos de criação em tempo real, detalhe: todos lugares são nomeados (inclusive o mundo), com nomes de fantasia relacionados, o jogo tem vários níveis que podem ser explorados, cavados e pilhados. O mundo já nasce com todas cidades (Anãs, Elficas e Humanas) e seus NPCs (e Quests aleatórias), um personagem começa em uma cidade do seu povo;

3- Este mapa é salvo, tem história e eventos (tudo com nome). se em determinado momento resolver aposentar um personagem ele acaba como personagem do jogo e pode ser achado em um próximo jogo naquele mapa/cenário;

4- Ele tem por trás de seus gráficos simples inclusão de efeitos como a distribuição de minerais como deveriam estar distribuídos (afinal mineirar pode ser uma das atividades necessárias);

5- Ele tem funções para variações de tempo como verão-inverno, frentes frias, e nevascas;

6- São ANÕES, não elfos ou bichinhos mágicos (na verdade é possível jogar de elfo);

7- Freeware.

{ especificaçoes do jogo }

O único problema é se acostumar com os comandos e se entender no meio dos caracteres (ainda não consegui jogar direito).

Fiquei bem interessado nele depois de ver esta HQ (de um designer chamado Tim Denee) baseada nesse jogo: Oilfurnace, realmente muito divertida, onde os acontecimentos e história de uma "sessão" de jogo são narrados e ilustrados.

Um comentário:

Retliza disse...

congrats! keep up the good work/this is a great presentation.

Gerador De Linha Laser

Post Relacionado